Imagens das publicações mais destacadas deste canal alternativo

São imagens referentes às verdades mundiais, que a mídia dominada pela ELITE MALDITA, não revelam e tentam abafar. Aqui nós mostramos sem cortes....

Imagens das publicações mais destacadas deste canal alternativo

São imagens referentes às verdades mundiais, que a mídia dominada pela ELITE MALDITA, não revelam e tentam abafar. Aqui nós mostramos sem cortes....

Imagens das publicações mais destacadas deste canal alternativo

São imagens referentes às verdades mundiais, que a mídia dominada pela ELITE MALDITA, não revelam e tentam abafar. Aqui nós mostramos sem cortes....

Imagens das publicações mais destacadas deste canal alternativo

São imagens referentes às verdades mundiais, que a mídia dominada pela ELITE MALDITA, não revelam e tentam abafar. Aqui nós mostramos sem cortes....

Imagens das publicações mais destacadas deste canal alternativo

São imagens referentes às verdades mundiais, que a mídia dominada pela ELITE MALDITA, não revelam e tentam abafar. Aqui nós mostramos sem cortes....

segunda-feira, 11 de março de 2019

Como o MALDITO SOCIALISMO matou milhões de pessoas de fome na África e no restante do mundo

Image result for Como o SOCIALISMO matou milhões de pessoas de fome na África e no restante do mundo

Muito de nós já vimos imagens das crianças etíopes com fome, com barrigas inchadas e olhos cobertos com moscas. O que poucos sabem é que elas foram vítimas inocentes do Derg, um grupo de militares marxistas que tomou o poder na Etiópia e usou a fome para chantagear partes rebeldes do país.

Entre 1983 e 1985, mais de 400 mil pessoas morreram de fome. Em 1984, o Derg utilizou 46% do PIB para gastos militares, criando o maior exército da África. Em contraste, o gasto com saúde diminuiu de 6% do PIB em 1973 para 3% em 1990.

Previsivelmente, o Derg culpou a seca pela fome, mesmo com a escassez de alimentos tendo sido precedida por meses de chuva. Em 1991, o Derg foi derrubado e seu líder, Mengistu Haile Mariam, escapou para o Zimbabwe, onde mora sob proteção do governo e dos pagadores de impostos até hoje.

Consumo de quilocalorias por pessoa, 1961-2013. Fonte: Banco Mundial

Falando em Zimbabwe, em 1999, Robert Mugabe, o ditador marxista que assumiu o poder há 35 anos, criou um catastrófico programa de reforma agrária que tinha como objetivo estatizar fazendas privadas e expulsar fazendeiros e empresários não-africanos. O resultado foi um colapso na produção agrícola, a segunda maior hiperinflação já registrada no mundo – 89,700,000,000,000,000,000,000% por ano (sim, 89,7 sextilhões) – e 94% do país sem emprego.

Milhares de zimbabweanos morreram de fome e doenças, apesar da massiva ajuda internacional. Como no caso da Etiópia, o governo do Zimbabwe culpou o clima, roubou grande parte do dinheiro da ajuda internacional e negou alimentos e medicamentos aos seus adversários políticos.

A tabela abaixo mostra que seis das dez piores matanças por fome no Século XX aconteceram em países socialistas. Além disso, Nigéria, Somália e Bangladesh tiveram escassez de alimentos como resultado de sucessivas guerras e má gestão estatal.

Maiores matanças do Século XX por fome, em proporção da população. Fontes: Zycher and Daley (1989); US Bureau of the Census; World Bank; populstat.info; Institute of Development Studies.

Hoje não há um único caso de fome em massa em andamento no mundo – nem mesmo em locais devastados pela guerra como a Síria, e por quatro motivos. Primeiramente, o nível produção agrícola está mais alto do que nunca, o que fez os preços caírem: entre 1960 e 2015, a população mundial aumentou 143% enquanto o preço dos alimentos diminuiu 22%. Além disso, as pessoas têm mais renda e podem comprar mais comida: nos últimos 55 anos, a renda per capita média mundial aumentou 163%. Houve também desenvolvimento maciço dos transportes e das comunicações, o que tornou possível entregar ajuda alimentária em qualquer parte do mundo de forma relativamente rápida. E, por fim, a globalização e o comércio garantem que os alimentos possam ser adquiridos por qualquer pessoa e em qualquer lugar.

A África foi a principal beneficiária desse desenvolvimento, Em 1961, cada africano consumia, em média, 1993 quilocalorias por dia. Em 2011, último ano que o Banco Mundial forneceu os dados do continente, o consumo de cada africano era de 2618 quilocalorias. Globalmente, o consumo aumentou de 2196 para 2870 quilocalorias ao dia. Na Etiópia não foi diferente. Dois anos depois da deposição do Derg, cada etíope consuma 1508 quilocalorias por dia e, em 2013, o consumo por etíope já estava em 2131 quilocalorias por dia.

Related image

O Zimbabwe, que ainda sofre com um ditador socialista marxista, não teve a mesma sorte. Em 1961, cada zimbabuano consumia 2115 quilocalorias por dia e, em 2013 – 52 anos depois – esse consumo se manteve praticamente o mesmo (2110 quilocalorias por dia).

Onde quer que tenha sido instalado, da União Soviética até a Venezuela, o socialismo falhou. O socialismo é a fábula que promete igualdade e abundância para trazer tirania e fome.

Tradução: Rafael Cury; Revisão: Marcelo Faria


FONTE:
Share:

ALERTA TOTAL: Com 500 milhões de abelhas mortas em três meses, agricultura brasileira pode entrar em colapso

Nos últimos três meses, mais de 500 milhões de abelhas foram encontradas mortas por apicultores apenas em quatro estados brasileiros, revela reportagem de Pedro Guigori para a Agência Pública e Repórter Brasil. Foram 400 milhões no Rio Grande do Sul, 7 milhões em São Paulo, 50 milhões em Santa Catarina e 45 milhões em Mato Grosso do Sul, segundo estimativas de Associações de apicultura, secretarias de Agricultura e pesquisas realizadas por universidades.

O principal causador, afirmam especialistas e pesquisas laboratoriais analisadas pela reportagem, é o contato com agrotóxicos à base de neonicotinoides e de Fipronil, produto proibido na Europa há mais de uma década. Esses ingredientes ativos são inseticidas, fatais para insetos, como é o caso da abelha, e quando aplicados por pulverização aérea se espalham pelo ambiente, relata o texto.



Por exemplo, em Cruz Alta, município de 60 mil habitantes no Rio Grande do Sul, mais de 20% de todas as colmeias foram perdidas apenas entre o Natal de 2018 e o começo de fevereiro. Cerca de 100 milhões de abelhas apareceram mortas, segundo a Apicultores de Cruz Alta (Apicruz). “Apareceram uns venenos muito bravos. Eles colocam de avião de manhã e à tarde as abelhas já começam a aparecer mortas”, relata o apicultor Salvador Gonçalves, presidente da Apicruz.

“As abelhas são as principais polinizadores da maioria dos ecossistemas do planeta. Voando de flor em flor, elas polinizam e promovem a reprodução de diversas espécies de plantas. No Brasil, das 141 espécies de plantas cultivadas para alimentação humana e produção animal, cerca de 60% dependem em certo grau da polinização deste inseto. Segundo a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), 75% dos cultivos destinados à alimentação humana no mundo dependem das abelhas”, relatam.


Ainda segundo a reportagem, no Brasil, há seis espécies de abelhas nativas — Melipona scutellaris, Melipona quadrifasciata, Melipona fasciculata, Melipona rufiventris, Nannotrigona testaceicornis, Tetragonisca angustula – e mais de 3 mil estrangeiras. A maioria delas não tem ferrão, ou tem o órgão atrofiado.

“Os principais inimigos das abelhas são os agrotóxicos neonicotinoides, uma classe de inseticidas derivados da nicotina, como por exemplo o Clotianidina, Imidacloprid e o Tiametoxam. A diferença para outros venenos é que ele tem a capacidade de se espalhar por todas as partes da planta. Por isso, costuma ser colocado na semente, e tudo acaba com vestígios: flores, ramos, raízes e até no néctar e pólen. Eles são usados em diversas culturas como de algodão, milho, soja, arroz e batata”.


Além dos neonicotinoides, revela o texto, há casos de mortandade relacionados também ao uso de agrotóxicos à base de Fipronil, inseticida que age nas células nervosas dos insetos e, além de utilizado contra pragas em culturas como maçã, soja e girassol, é usado até mesmo em coleiras antipulgas de animais domésticos. Muitas vezes esse veneno é aplicado em pulverização aérea, o que o expõe diretamente às abelhas.

“A morte dos polinizadores por contato com os agrotóxicos pode ocorrer de vários modos. O mais comum é quando a operária sai para a polinização. Muitas acabam morrendo na hora, outras ficam desorientadas e infectadas. A partir daquele momento elas tentam voltar a colmeia, mas muitas não resistem ao caminho. As que conseguem voltar acabam infectando toda colmeia — o enxame acaba morto em pouco mais de um dia.”, anota.


FONTE:
Share:

Exames de bombeiros de Brumadinho já apresentam alterações em níveis de cobre e alumínio



Com saúde vigiada por 20 anos, militares que atuam em rompimento de barragem da Vale dão sinais de alterações no sangue devido ao contato com rejeitos. Especialistas alertam para 'bomba de efeito retardado'

Bombeiros se reúnem para resgatar corpo em área atingida: convivência com a dor e o luto alheio também exige suporte - Foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press - 27/1/19

Não se escolhe ser bombeiro, se nasce bombeiro. A declaração é de uma integrante do efetivo que está em Brumadinho desde a tragédia de 25 de janeiro, todos mergulhados na lama da barragem da Mina Córrego do Feijão, da Vale. Heróis da vida real, eles também se tornam vítimas dessa tragédia diante do contato direto com rejeitos com altas concentrações de metais, que são um risco à saúde. No material, conforme especialistas, há seguramente a presença de ferro, manganês e alumínio, comumente encontrados nos rejeitos de minério de ferro. Mas existe também a possibilidade da presença de outras substâncias, como cobre, cromo, chumbo e arsênio. Agentes envolvidos nas buscas já começam a apresentar alterações em testes que indicam parâmetros de saúde e especialistas alertam para riscos da exposição a esses elementos químicos. Ameaças associadas à nutrição e ao risco de desenvolvimento de doenças a longo prazo.

Por esse motivo, o Ministério da Saúde anunciou que vai acompanhar pelos próximos 20 anos cerca de mil profissionais envolvidos no resgate e buscas às vítimas do rompimento da barragem da Vale em Brumadinho: além de bombeiros, agentes da Força Nacional de Segurança, Defesa Civil e Ibama, entre outros. O estudo de coorte (conjunto de pessoas que têm em comum um evento que se deu no mesmo período) vai avaliar doenças que estejam relacionadas diretamente ao desastre, como a contaminação por metais pesados e leptospirose.

O primeiro passo do monitoramento será a coleta de amostras de sangue e urina, que seguirão para análise no Instituto Evandro Chagas, referência para essa ação. Caso seja necessário, outras instituições referenciadas poderão ser envolvidas. A ação terá a colaboração de instituições como a Fiocruz, as universidades federais de Minas Gerais (UFMG) e do Rio de Janeiro (UFRJ) e a organização Médicos Sem Fronteiras.

No fim de fevereiro, quatro exames feitos em bombeiros que trabalharam nas buscas e resgates já haviam mostrado alteração na quantidade de alumínio e cobre no sangue. Três exames se apresentaram alterados para o parâmetro alumínio e um apontou presença de cobre. No entanto, conforme nota divulgada pelo governo de Minas Gerais, a alteração nesses parâmetros não significa intoxicação aguda por esses metais e essas pessoas permanecem assintomáticas.

O comunicado assegura que “considerando o tipo de atividade de busca e salvamento realizado em Brumadinho, foi aplicado protocolo de monitoramento da saúde em todos os militares empenhados na zona quente, por meio da verificação da dosagem de metais no sangue e urina. Exames iniciais apontaram alterações, mas elas não significam intoxicação aguda por esses metais. Essas pessoas permanecem sem sintomas e seguindo o protocolo de monitoramento de saúde.

Continuam trabalhando, mas em outras áreas em que não haja contato direto com os rejeitos do rompimento da barragem. Justamente por isso é esperado que, após a interrupção do contato, os níveis de metal no organismo sejam normalizados.”

A nota ainda destaca que a análise do material ocorreu na Fundação Ezequiel Dias (Funed), onde são seguidos os protocolos próprios para esses casos. Entretanto, a análise de parte do material também é feita em parceria com o Instituto Evandro Chagas, do Pará, laboratório de referência nacional, que vai determinar os prazos para haver resultados.

A Funed informa que o monitoramento ocorre por meio de “exames de análises clínicas de rotina (complementares) que permitem monitorar o estado geral de saúde, funções hepáticas e renais, e também análises de metais em urina e sangue.” Mais de um mês após o rompimento da barragem da Vale, equipes de buscas continuam em ação em Brumadinho. Pela operação já passaram centenas de profissionais de Minas Gerais e de outros estados.

Risco dos males de longo prazo

O excesso de alumínio no organismo, segundo estudos recentes, mostra correlação com doenças como mal de Alzheimer, e alguns tipos de câncer. Pode haver alterações crônicas de problemas intestinais e casos de anemia. Diana Coulon, nutricionista integrativa funcional aiurvédica, afirma que esse é um assunto sério e que falta à maioria das pessoas, inclusive aos bombeiros, consciência da gravidade de como a saúde pode ser afetada. “Primeiro, o risco de desidratação em decorrência do esforço e desgaste causados pela exposição a uma situação extrema de calor e lama densa; segundo, a desnutrição, por que metais pesados se ligam a receptores hormonais, roubando o lugar de vitaminas e minerais essenciais à saúde, como iodo, cálcio, zinco, selênio etc.”

Conforme a nutricionista, o contato com metais como ferro e alumínio preocupa, porque “o ferro é um mineral oxidante, ou seja, tem grande capacidade de gerar estresse oxidativo em nossas células, fazendo-nos produzir mais radicais livres, substâncias relacionadas ao envelhecimento celular e doenças. O alumínio está associado a alterações do sistema nervoso central, demência e ao mal de Alzheimer”.

Ela alerta ainda que se entre os rejeitos for confirmada a presença de outros metais, como cromo, chumbo e arsênio, há risco de “infertilidade feminina e masculina, alterações hormonais, risco de lesão no fígado, fadiga crônica, alterações no funcionamento da tireoide, dificuldade de emagrecimento, demência e Alzheimer”.

Diana Coulon alerta que os bombeiros têm de estar atentos aos sinais que podem apresentar. “Os sintomas são amplos e podem aparecer a curto, médio ou longo prazo. Incluem dores de cabeça, insônia, síndrome do pânico, depressão, irritabilidade, impotência sexual, infertilidade, queda de libido, má digestão, cansaço, ganho de peso, etc. Se for o caso de intoxicação aguda, a pessoa pode ter febre, mudança abrupta de comportamento e irritabilidade, por exemplo”.

É recomendável também atenção com a alimentação. Diana Coulon afirma que existem plantas, fitoterápicos e substratos naturais essenciais para ajudar a prevenir distúrbios, como as ervas coentro, alecrim, salsão e cavalinha, clorella e spirulina e o carvão ativado. “É importante que esses bombeiros também sejam monitorado nutricionalmente, não só pelo contato com o rejeito, mas também pelo trabalho intenso que exercem brilhantemente”, alerta a especialista.

Diana afirma que é preciso alertar todos que estão em contato com o rejeitos: “É uma situação extrema, chocante e que dói em todo mundo. Minha grande preocupação é qual a consciência que as pessoas têm sobre os riscos do contato com os metais e o que farão para eliminá-los. É muito sério e não pode ser deixado de lado. Afeta a saúde presente e futura de todos.”

Cuidado físico e mental

A máquina física (o aparelho motor) e a mente dos bombeiros envolvidos nos trabalhos em Brumadinho também são uma preocupação. Anderson Coelho, presidente do Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 4ª Região (Crefito-4), conta que fisioterapeutas têm feito intervenções baseadas em recursos terapêuticos manuais, uma vez que o tipo de operação desenvolvida pelos militares e suas respectivas necessidades de saúde funcional requerem um atendimento fisioterapêutico imediato, de caráter preventivo e recuperativo, e a terapia manual propicia resultados mais rápidos.

“Temos feito reajustes biomecânicos e musculares para prevenir lesões e restabelecer força, potência e a eficiência físico-funcional dos bombeiros, evitando fadiga e melhorando a performance e o desempenho”, afirma.

Conforme Anderson Coelho, o trabalho foi organizado com escalas semanais, com o envolvimento de 14 fisioterapeutas civis e os fisioterapeutas militares do Hospital da Polícia Militar. Ele explica que os principais quadros observados são fadiga, espasmos musculares e dores de exaustão física. “Consequência da jornada extenuante em uma condição de terreno instável e irregular, que exige esforço físico muito grande. O afundamento de membros inferiores na lama requer um esforço físico concêntrico constante. As consequências são dores muito fortes nas pernas e pés, sobretudo na coluna vertebral, devido ao trabalho e ao peso do equipamento, mochila e roupa específica, e à flexão de cabeça para fazer buscas.”

Suporte psicológico Já o médico psiquiatra Maurício Leão Rezende, vice-presidente da Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig), alerta que a saúde mental passa não só pela bagagem genética como pela qualidade de vida de cada um. Fatos traumáticos que incidem sobre a genética dependem da constituição e da capacidade de resiliência diante de um ambiente hostil: “Os bombeiros são treinados e capacitados a viver num cenário, quase sempre, de tragédia. Mas também são seres humanos e, num primeiro momento, não se pode falar em ausência de influência, já que seria tirar sua capacidade humana de sentimentos, crenças e valores.”

Por outro lado, alerta, diante da tragédia de proporção inigualável em Brumadinho, esses profissionais, ainda que haja renovação de contingentes, vivem um dia a dia de desgaste emocional e excesso de trabalho ao lidar com o sofrimento humano e a fragilidade da vida. “Óbvio que, com o tempo, o cansaço e o desgaste podem ter incidência de fragilizações, podendo apresentar desde quadros depressivos, ansiedade, alteração do sono até reações psicossomáticas”, alerta o especialista.

Maurício Leão Rezende explica que viver o sofrimento de quem está no entorno acarreta outra carga aos bombeiros que é “satisfazer tantas expectativas, já que são heróis e também mensageiros de más notícias”. “É um período extremo de emoções. Por isso, é indispensável que eles tenham um acompanhamento de profissionais com capacidade para ouvir e lidar com essas emoções, com quem possam falar, que tenham esse espaço para elaborar suas vivências.”

AFASTADOS

A Vale informou ontem que, em reunião realizada na quinta-feira, a Diretoria Executiva decidiu acatar todas as recomendações da força-tarefa que apura o rompimento da Barragem da Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho.
Com isso, o gerente-executivo de Governança de Geotecnia Corporativa, Alexandre Campanha, a gerente de gestão de Estruturas Geotécnicas, Marilene Araújo, o gerente-executivo de Planejamento e Programação do Corredor Sudeste, Joaquim Toledo, o gerente-executivo do Complexo Paraopeba, Rodrigo Melo, e o geólogo vinculado à Gerência Executiva de Planejamento e Programação do Corredor Sudeste, César Grandchamp, serão afastados definitivamente da empresa. Outros cinco funcionários serão realocados em outras funções.



FONTE:
Share:

Salvador registra primeira prisão por reconhecimento facial

Marcos Vinicius, vestido de Muquiranas e com uma pistola d'água (Foto: Divulgação SSP)

Suspeito tentou entrar no circuito Dodô, mas foi reconhecido pelas câmeras...

Marcos Vinicius de Jesus Neri, 19 anos, foi preso na noite desta terça-feira (5) depois de ser identificado em uma das câmeras de reconhecimento facial da Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA). Ele estava com um mandado de prisão em aberto e era procurado pela polícia por suspeita de homicídio.

Vestido com a fantasia do bloco As Muquiranas e maquiado, ele estava passando por um dos portais de abordagens no circuito Dodô (Barra/ Ondina), quando foi reconhecido pelo sistema e preso pelos policiais militares que faziam a revista. Essa foi a primeira prisão registrada em Salvador através desse sistema, instalado em 42 portais nos circuitos Dodô (Barra), Osmar (Campo Grande) e Batatinha (Pelourinho),. 

Marcos Vinicius era procurado por suspeita de homicídio (Foto: Divulgação SSP)

Marcos Vinicius é natural de Lauro de Freitas, Região Metropolitana de Salvador, e estava sendo procurado desde julho de 2018. 

Essa foi a primeira vez que o programa de reconhecimento facial foi usado no Carnaval de Salvador - antes, havia sido testado no Festival Virada Salvador.

Na prática, as câmeras cruzam os rostos que passam diante das lentes com o banco de dados dos procurados e foragidos do estado. Quando acontece uma confirmação, como no caso de Marcos Vinicius, o sistema alerta à polícia, que realiza a prisão.

Sistema cruza imagens com banco de dados dos procurados pela polícia(Foto: Divulgação SSP)

O projeto de Vídeo Policiamento é uma novidade no país, e os equipamentos distribuídos pelos três circuitos nos portais de abordagem identificaram 460 mil pessoas por dia. Mais de R$ 18 milhões foram investidos nos softwares de reconhecimento, que além de ser empregado para encontrar criminosos, também ajuda a localizar pessoas desaparecidas.

Como funciona?

A tecnologia, a partir de pontos e medidas do rosto como o tamanho do crânio, distância entre os olhos e comprimento da linha da mandíbula, identifica em tempo real os bandidos que tentarem o acesso ao Carnaval de Salvador.

Além dos portais, também foram empregadas câmeras de reconhecimento facial em rádios comunicadores e ainda drones sobrevoando os circuitos da folia e policiais disfarçados circulando na região dos camarotes.

“São mais de 400 câmeras, em algumas delas começaremos a testar o reconhecimento facial nos portais de abordagens. Foi um avanço muito grande desde 2016, reduzindo drasticamente a violência no circuito. Vamos ter uma reposta melhor e um atendimento melhor à população e aos turistas”, declarou o secretário da Segurança Pública (SSP), Maurício Barbosa, durante o lançamento da operação da pasta para o Carnaval no final de fevereiro.

“Funcionará da seguinte forma: através de um software, as câmeras vão captar os pontos dos rostos e comparar na hora com o nosso banco de dados”, declarou o coronel Marcos Oliveira, superintendente de Gestão e Tecnologia Organizacional (SGTO) da SSP. O comparativo será com 1.200 fotos dos bandidos mais procurados do Estado, armazenadas no Centro Integrado Comando e Controle (CICC), onde cerca de 30 instituições estaduais, federais e municipais realizarão o trabalho integrado. 

“Além dos bandidos mais procurados, constarão no nosso banco de dados pessoas que já tiveram passagem na polícia, que respondem processos, que cometeram qualquer tipo de infração. A medida quando os dados cruzados derem positivo, policiais civis e militares de prontidão atuarão de imediato”, explicou Oliveira.

Além do novo sistema de reconhecimento facial, aproximadamente 430 câmeras foram usadas para acompanhar aglomerações e entradas e saídas dos circuitos, dentre outras situações. Havia ainda uma câmera 360°, com capacidade de alcançar grandes espaços, e outra com zoom 45x, ambas com alta qualidade de imagem, inclusive em ambientes com baixa luminosidade.




FONTES:
Share:

Retardado Mental: Zé de Abreu é aclamado presidente do Brasil e sai carregado por petistas do Galeão; Todos uns malucos...

Twitter

O ator José de Abreu chegou no início da noite desta sexta-feira, 8 de março, ao Brasil. Após passar um tempo na Europa, ele retornou à sua pátria se autoproclamando presidente da república. A cerimônia de auto-proclamação ocorreu no Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro. 

No local, centenas de manifestantes vestindo vermelho – cor do Partido dos Trabalhadores (PT) – esperava José de Abreu, que até então era mais conhecido pelas novelas do que manifestações políticas. 

Veja abaixo um vídeo que mostra José de Abreu chegando ao saguão do aeroporto. Ele tem nas suas mãos uma placa de rua com o nome da vereadora Marielle Franco, morta em março passado na cidade Maravilhosa:




@zehdeabreu chegando no aeroporto agora! #ZeDeAbreuPresidenteDoBrasil


Uma manifestante que estava no local ainda gravou um vídeo de José de Abreu dizendo suas primeiras palavras como presidente auto-proclamado do Brasil. Dentre outras coisas, o filiado ao Partido dos Trabalhadores diz que é necessário prezar pela liberdade e pela soberania nacional. 

A palavra de ordem do grupo era: “Nem caixa 2, nem fake news… Zé de Abreu presidente do Brasil”. 



Ao lado do @zehdeabreu durante sua proclamação no aeroporto Galeão


A deputada Maria do Rosário era apenas uma das personalidades que fez referência ao ato. No vídeo abaixo, ela comemora a chegada de José de Abreu ao nosso país. 




A chegada no Brasil do @zehdeabreu sendo saudada em Porto Alegre, pelas mulheres na luta! É Zé de Abreu e #LulaLivre !! #8DEMARCO

“A chegada no Brasil do @zehdeabreu sendo saudada em Porto Alegre, pellas mulheres na luta! É Zé de Abreu e #LulaLivre !!”, escreveu a parlamentar em sua rede social. Lembrando que Rosário protagonizou uma polêmica envolvendo o hoje presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, quando ambos discutiam aumentar a penalidade do crime de estupro.


FONTE:
Share:

Maçonaria adere ao slogan de Bolsonaro - E as máscaras estão caindo....


GOB-RJ | Reprodução

A liderança da maçonaria Grande Oriente do Brasil, uma das mais importantes do país, situada no Rio de Janeiro, instituiu uma homenagem a Jair Bolsonaro no calendário da sociedade.

Com o "decreto" do grão-mestre da divisão fluminense, autoridade máxima em âmbito regional, o ano de 2019 ganhou o dístico "Brasil acima de tudo, G.a.d.u. acima de todos" — versão maçônica do slogan de campanha do presidente, com "Grande Arquiteto do Universo" no lugar de "Deus".

Assim, todas as lojas do estado ficam obrigadas a organizar, neste ano, ao menos uma "Sessão Magna Comemorativa a '2019: Brasil acima de tudo, G:.A:.D:.U:. acima de todos'".

Em janeiro, representantes do Grande Oriente no Rio compareceram à posse de Bolsonaro e declararam "apoio institucional" ao governo. A afinidade tem ao menos um motivo: o "irmão" Hamilton Mourão, que é https://blogs.oglobo.globo.com/lauro-jardim/post/maconaria-adere-ao-slogan-de-bolsonaro.html maçom há 20 anos e fez uma palestra na entidade durante a campanha.

Em seu site, o Grande Oriente do Brasil afirma, sobre "O que é a Maçonaria?": "Respeita as opiniões políticas e crenças religiosas de todos os homens (...) e rechaça toda pretensão de outorgar situações de privilégio a qualquer uma delas em particular".


FONTE:
Share:

Os Preparativos para a Chegada do Anti-Messias

POR GUSTAVO - CANAL 4USA FLÓRIDA

AMADOS LEITORES DESTE CANAL INFORMATIVO, CONCLAMO A TODOS QUE OBSERVEM ESTA LIVE FEITA PELO IRMÃO GUSTAVO DO CANAL 4USA FLÓRIDA, QUE FOI ALTAMENTE REVELADOR EM VÁRIOS ASPECTOS, SOBRE OS PREPARATIVOS PARA A VINDA DO ANTI-MESSIAS...
PEÇO A TODOS QUE TENHAM PACIÊNCIA, POIS É UM POUCO DEMORADA, MAS VALE A PENA SE INFORMAR. ELE ME DEU A AUTORIZAÇÃO PARA MENCIONAR ESTE TRABALHO MUITO BOM.





FONTES:


Share:

quinta-feira, 7 de março de 2019

Construção de sinagoga no Monte do Templo pode ser primeiro passo para o Terceiro Templo

Ativistas pedem ao governo de Israel o direito de restaurar local de culto no local disputado com os palestinos


Um grupo de ativistas israelenses está pedindo ao governo que estabeleça uma sinagoga no Monte do Templo e volte a permitir que os judeus orem no local. Asaf Fried, porta-voz de uma associação de organizações dedicadas aos direitos dos judeus no Monte do Templo, mais de 50 líderes religiosos e políticos estão unidos em torno da inciativa.

Entre os mais atuantes está o rabino Yehudah Glick, conhecido por sua ligação com o movimento que deseja a construção do Terceiro Templo no local. Hoje ele é um membro do Congresso de Israel e pertence ao Likud, partido do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu. Como Israel vive um período eleitoral, a ideia pode ganhar um importante contorno político.

Há um ramo dentro da teologia cristã que vê a construção do Terceiro Templo como um sinal inegável dos últimos dias e que prenuncia o arrebatamento da Igreja.

Desde o mês passado tumultos têm ocorrido continuamente no Monte do Templo. Tudo começou quando milhares de palestinos invadiram o Portão Dourado, que havia sido fechado por uma ordem judicial desde 2003. Eles anunciaram que construiriam ali uma mesquita.

Para as lideranças judaicas, houve um rompimento nas relações. “Já que o status quo foi quebrado, então Israel precisa quebrá-lo também”, alegou Fried ao Jerusalem Post, lembrando que os judeus são proibidos de fazer orações no Monte do Templo. “Precisamos de um lugar para rezar e queremos essa estrutura perto do Portão Dourado.”

O estabelecimento de uma sinagoga seria um resgate histórico, explicou Yaacov Hayman, chefe da Organização Yishai, que defende estabelecimento de Sinagogas no Monte do Templo. Ele explica que há menções no Talmude que falam claramente sobre uma sinagoga no local.

Sua organização mapeou o Monte do Templo e gerou um modelo computadorizado que mostra ser possível construir até quatro sinagogas poderiam no espaço sagrado. O rabino Marzel, que luta pelo direito dos judeus fazerem orações no Monte, é enfático: “Este é o local mais sagrado para o povo judeu. Nossos inimigos tomaram conta. Eles estão infringindo a lei, destruindo sítios arqueológicos e desonrando o judaísmo e Deus. Nós temos que lutar”.

Mais comedido, Fried disse que o grupo não está pedindo para assumir o controle do Monte do Templo. No entanto, eles gostariam de ver o Monte do Templo dividido da mesma forma que a Caverna dos Patriarcas em Hebrom foi dividida em 1967. Desde então coexistem no local onde está enterrado Abraão e Sara uma sinagoga e uma mesquita.

Entenda a polêmica

O Templo de Salomão foi edificado no alto do Monte Moriá, em Jerusalém. Destruído pelos babilônicos, foi reconstruído e depois teve sua estrutura ampliada durante o domínio dos romanos. Derrubado no ano 70 pelo General romano Tito, o local passou a hospedar mesquitas no século 11 quando o califa islâmico Abdal al-Malik dominava a região.

Mesmo depois do ressurgimento de Israel como nação, em 1948, o espaço que mede cerca de 45 hectares de extensão continua sob controle da Waqf, organização jordaniana responsável pela “manutenção dos locais sagrados para o islamismo”. No mês passado, a Waqf deu maior controle do local aos palestinos que imediatamente tentaram construir ali uma quinta mesquita, junto ao Portão Dourado, espaço profético para o judaísmo.

O governo de Israel tentou intervir, proibindo a iniciativa, pois isso violaria o status quo do local. Contudo, os palestinos ignoraram e seguiram em frente, reunindo centenas de pessoas para fazer orações no local. Agora, os ativistas judeus pedem o reconhecimento de seu direito de cultuar no local sagrado para eles.


FONTE:
Share:

CORINTHIANS ASSUME SATANISMO NO FUTEBOL - CORINTHIANISMO: ADORAÇÃO A SATANÁS E MAÇONARIA

OBSERVEM O BRILHANTE VÍDEO DO IRMÃO THIAGO LIMA:





Share:

ALERTA VERMELHO: Relatório mostra que 11 aplicativos para iPhone estão enviando dados confidenciais para o Facebook


De acordo com uma nova investigação, quase uma dúzia de aplicativos iOS para iPhones e iPads estão enviando dados pessoais confidenciais ao Facebook.

Uma nova investigação revelou que 11 aplicativos iOS estão enviando dados pessoais confidenciais para o Facebook. Esses dados confidenciais incluíam informações pessoais, como peso, IMC, ciclos menstruais e atividade sexual.

Um relatório do Wall Street Journal revelou que um aplicativo de exercícios popular estava enviando informações de atividade sexual de um usuário para o Facebook. O aplicativo parou de enviar dados pessoais para o Facebook.

Um popular aplicativo de registro de alimentos e exercícios, Lose It! parou de enviar informações pessoais confidenciais do Facebook, mostrou o teste de domingo. Em testes anteriores, o aplicativo vinha enviando ao Facebook os usuários de peso registrados, juntamente com quanto eles haviam ganho ou perdido, e o conteúdo calórico de todos os itens alimentícios que registravam. Ele também enviava o valor calórico de cada exercício registrado: quando um usuário informava ter completado 45 minutos de "atividade sexual" durante um teste, o aplicativo enviava essa informação ao Facebook junto com uma estimativa de quantas calorias a atividade consumia.

O Departamento de Serviços Financeiros do Estado de Nova York exigiu uma explicação do Facebook sobre essa controvérsia. Em um comunicado, um porta-voz do Facebook disse que não é incomum que os aplicativos compartilhem informações com plataformas de mídia social para fins publicitários e analíticos.

Aqui está a lista dos aplicativos no relatório:

Flo Period & Ovulation Tracker

Perda de peso Fitness por Verv

BetterMe: exercícios de perda de peso

Perca isso!

GetFit: Fitness em casa e treino

Frequência Cardíaca Instantânea: Monitor de RH

BetterMen: Instrutor de fitness

Realtor.com Pesquisa Imobiliária

Trulia Imóveis: Encontre Casas

Breethe: Sono e Meditação

Amigo de Glicose

Todos esses aplicativos foram baixados milhões de vezes no ano passado. Como resultado dessa controvérsia, os analistas estão preocupados com o crescente desrespeito que o Vale do Silício tem pela privacidade do usuário.

Fique ligado no Breitbart News para mais atualizações sobre esta história.


FONTE:

Share:

Pregador de rua de Londres preso em vídeo viral: 'Não pegue minha Bíblia!'

Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.
Nesse tempo muitos serão escandalizados, e trair-se-ão uns aos outros, e uns aos outros se odiarão.


VEJAM A MATÉRIA



VIDEO STILLS - Este é o momento em que um pregador cristão foi algemado e preso do lado de fora de uma estação de metrô de Londres, após reclamações de que ele era “islamofibico”. (IMPRENSA VIRAL)

Um pregador de rua do lado de fora de uma estação de metrô de Londres foi preso em um vídeo viral por "violação da paz", "perturbando o dia das pessoas" e acusado de racismo e "islamofobia", segundo policiais capturados por câmeras e espectadores.

"Um pregador cristão esta tarde foi preso na estação Southgate de Londres N14 por pregar sobre Jesus", Eye on Antisemitism, um grupo baseado no Reino Unido que relata incidentes anti-semitas, escreveu no Twitter sobre um incidente que ocorreu no sábado.

"Eu posso ser preso se você quiser", disse o pregador de rua de origem africana no início do vídeo. "Eu não vou embora porque preciso contar a verdade porque Jesus é o único caminho, a verdade e a vida."


"Eu aprecio isso, mas ninguém quer ouvir isso", disse o oficial. "Eles querem que você vá embora."

Dois oficiais então algemaram o homem enquanto ele protestava: "Não, não, não. Não pegue minha Bíblia!"

Um dos policiais teria respondido: "Você deveria ter pensado nisso antes de ser racista".



Ambrosine Shitrit, fundador do Eye on Antisemitism, que gravou o vídeo, disse que não havia ninguém chateado ou interessado no pregador, mas acrescentou que quando o pregador perguntou à polícia por que ele estava sendo preso, eles supostamente responderam: "Para a islamofobia".

"Não houve racismo antes disso. Não houve racismo depois disso. Não houve islamofobia", disse Shitrit.

Um porta-voz da Polícia Metropolitana disse ao Daily Mail que o pregador foi libertado mais tarde.

"A polícia foi chamada à Estação de Metro de Southgate às 13:52 do sábado, 23 de fevereiro, em resposta às preocupações lhttps://www.foxnews.com/world/london-street-preacher-arrested-in-viral-video-accused-of-islamophobia-dont-take-my-bibleevantadas sobre o comportamento de um homem. Foi detida uma prisão contra a paz. O homem foi detido e nenhuma outra ação foi tomada. necessário."

Uma equipe jurídica da Christian Concern, que já representou pregadores de rua antes, diz que eles estão trabalhando com o pregador, identificado como pregador Olu.

"Depois de ser desnecessariamente preso, ele foi deixado em um subúrbio desconhecido sem dinheiro suficiente para chegar em casa", escreveu Christian Concern. "Felizmente um gentil membro do público deu-lhe algum dinheiro, mas o que o pregador fez a seguir? Ele foi direto para a estação de metrô de Southgate e continuou a pregar o evangelho de Jesus Cristo naquela mesma noite".

O padre da Igreja da Inglaterra, padre Matthew Cashmore, chamou a prisão de "profunda e profundamente preocupante" e disse que os oficiais deveriam "se envergonhar de si mesmos".

"A forma como a Bíblia foi removida é horrível", disse Cashmore.

FONTES:
Share:

SUA LOCALIZAÇÃO, EM TEMPO REAL.

Sobre Mim

Minha foto
UMA PESSOA SINCERA, TEMENTE A DEUS E SERVO DE NOSSO SENHOR E SALVADOR JESUS CRISTO. INTIMIDADE ALÉM DAS APARÊNCIAS!!!! APOIO OS SEGUINTES LINKS: (www.observandoanovaordem.blogspot.com/) (www.simceros.org/) CANAL OTANERY1, DO YOU TUBE.

Blogger Themes

Total de visualizações de página

Seguidores deste canal

Arquivo Geral do Blog

Minha lista de Sites e Blogs Parceiros

Translate this page

Receba notícias em seu e-mail

Hora Certa

Elite Maldita

Subscribe here to get our newsletter in your inbox, it is safe and EASY!